25.3.15

Qual o sentido da vida?

Parei pra pensar e acho que amadureci rápido demais, isso não seria um problema se agora eu não estivesse me sentindo uma completa adolescente, ao contrário de alguns anos atrás que sempre fui vista como adulta demais pra minha idade. Nunca fui rebelde e até sentia que eu tinha uma missão no mundo, algo pra realizar. Hoje, sinto um vazio. Uma crise existencial aos 19 anos, tá liberado? Já ouvi gente dizendo que tem isso aos vinte, vinte e cinco, trinta. Espero que passe e não volte mais, cara, dá um nó na cabeça. Aos 15 anos eu sabia perfeitamente o que eu queria pra minha vida, hoje nenhuma profissão faz tanto sentido assim. Estou amando fazer jornalismo, mas não quero correr atrás de político, e adoro os livros que eu já costumo ler. Não quero ser jornalista investigativo, nem ver filme turco, da pra ser? Eu achava que ia querer morar com a minha família pra sempre, ainda amo esse lugar, mas preciso sair daqui urgentemente. O complexo de que eu não vou encontrar o amor da minha vida, de vez em quando aparece também pra piorar um pouco mais a situação que já não é nada boa. E meu corpo, bem, é uma relação de amor e ódio eterna.

Me falta coragem pra viver, acredita? Tô com preguiça. Me falta inspiração pra escrever e pra falar, nem os livros que antes me salvavam estão colaborando tanto. O que me motiva, ainda, são meus sonhos que sei que um dia vou realizar.  Será que isso é normal? Do nada, a vontade de viver vai embora. Cansei de bater meta, de estudar feito uma louca, de ler histórias que estão se parecendo as mesmas, de conversar, de conhecer pessoas. O que há comigo? Isso já aconteceu com você? Só me diz que isso passa.

Uma vez li que precisamos nos agarrar aquilo que nos deixa mais forte. Primeiramente me sinto bem e forte quando converso com Deus, tenho a impressão de que Ele é a única pessoa que me entende, e se você não acredita em Deus, juro, é uma ideia muito confortante, tente experimentar. E como já disse meus sonhos me fortalecem. Quero ir morar sozinha e viajar pra Disney, preciso trabalhar - e estudar muito. Quero continuar indicando boas leituras para as pessoas que me acompanham e que me enchem de carinho, preciso reservar tempo para a leitura. Quero perder peso, aguente firme o regime pelo menos durante a semana. E assim a gente vai vivendo, não é? Como dizem, é o que tem pra hoje.

O nome do blog é Desejo Adolescente, e o que mais desejo nesse dia é não me sentir como uma adolescente perdida, que contraditório. Queria me sentir como essas mulheres mais velhas que se aceitam super bem, que sabem o que querem da vida e que são guerreiras acima de tudo. Onde encontro o manual? Enquanto ele não vem, vou ali continuar fazendo as tarefas da faculdade. 

Desculpa o desabafo, mas esse blog também é meu diário e vocês também são meus amigos. E além disso, se você estiver passando por uma crise meio louca de não saber o que fazer da vida e motivo da sua existência no mundo, saiba que não é só com você. Acredite em você mesmo e bola pra frente. Esse sentimento uma hora passa e a gente ri de tudo no final. Eu espero.

Acompanhe nas redes sociais

Comente com o Facebook:

10 Comentários

  1. A fé nos dá força Camila!
    Ante-ontem, tive um ataque desses - chamo de ataque, porque eu choro, fico revoltada com tudo e só quero dormir e fazer coisas erradas que eu jamais faria - de adolescente rebeldes.
    Mas tive alguém com quem desabafar, chorei demais e então, pensei nos meus sonhos e no que eu posso realizar e no outro dia o sol brilhou sabe? Mais forte, mais reconfortante.
    E sim, isso passa! E o segredo para passar mais rápido é conversar e entregar para Deus isso tudo e focar naquilo que ainda te faz bem.

    Beijão e melhoras <3

    www.falandoemturismo.tk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo conselho Beatriz, ajudou muito <3

      Excluir
  2. Isso já aconteceu e muito comigo Cami,aliás esse foi um dos motivos de eu começar a escrever. As pessoas de sempre, as mesmas coisas, a rotina. É normal sentir esses sentimentos, sensações, querer muito uma coisa e ela não acontecer. E tudo isso piora quando vemos pessoas ao nosso redor conseguindo. Eu digo pra respirar fundo e continuar lutando. Isso passa, mas posso te dizer que em alguns momentos pode ser que essa crise venha a voltar novamente. Tenha a certeza de ocupar sua mente e coração cheia de coisas que AMA. Isso vai e volta mas a gente acostuma. É a vontade de ser feliz :) Beijocas linda


    Cybelle Santos autora do " Palavras Apaixonadas"
    http://www.voandosozinha.tk/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn Cy, obrigada pelo ótimo conselho <3

      Excluir
  3. Todo mundo passa por crises existenciais na vida, não tem uma idade ou um momento específico pra isso, elas simplesmente vêm. E no final, acaba sendo algo positivo se a gente souber aproveitar as lições que isso oferece.
    Sei que às vezes a gente fica em dúvida sobre nós mesmos, e fica com medo de o futuro não ser bem o que a gente gostaria de alcançar na vida. Mas como você mesma disse, temos que ser fortes e continuar lutando e alguma hora daremos risada disso.
    Acho que pode ajudar se você parar pra pensar um pouco sobre o que realmente gosta, nos poucos espaços vazios do seu dia em que você pode refletir um pouco. Isso não quer dizer que o jornalismo não seja pra você, eu também pretendo fazer isso e nem pretendo ser repórter, tenho uma pequena esperança de ser colunista, pra falar o que penso em algum lugar. Além do mais, já li bastante sobre o assunto e dizem que a realidade que você vive na faculdade não é a mesma que você vai viver depois (até porque o jornalismo te oferece múltiplas funções e há até quem invista nisso pra continuar sendo blogueira, acredita? Vai que dá certo!).
    Sei que também é difícil lutar contra o desânimo, mas não desiste =)
    http://antigosdiarios.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, muuuuito obrigada pelo seu comentário, me ajudou muito nos meus momentos de reflexão <3

      Excluir
  4. Thaís3/27/2015

    Mabel, até as "mulheres mais velhas que se aceitam" passam por questionamentos dentro de si.
    Duvidas todas (os) nós temos e fique tranquila, passa.
    Deus te guiará.

    ResponderExcluir
  5. Mabel, mesmo que não gostemos de sentir isso, é algo normal. Quem nunca se questionou? Eu por exemplo, sempre estou me questionando. Acredito que também a pressão da sociedade faz com que passemos por crises existenciais. Mas isso vai passar.
    Que Deus te ajude ♥

    http://aurorear.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! Obrigada pelo comentário Vic <3

      Excluir

Deixe um recadinho com amor e será retribuído <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Desejo Adolescente - 2016. Todos os direitos reservados. Design e programação: Folks Creative Studio. imagem-logo