17.2.16

A faculdade de jornalismo e eu!

Imagem retirada do We Heart It

As aulas estão perto de voltar novamente, acabou férias. Estou indo para o quarto semestre de jornalismo e muita gente sempre me pergunta o que acho do curso, não sei se consigo responder essa "simples" questão, mas vim tentar.

Minha relação com o jornalismo, é bem parecida com a minha relação com São Paulo. Aquela coisa meio amor e ódio ao mesmo tempo, mas que você não se vê longe de jeito nenhum, mesmo sabendo dos podrões e ficando meio desiludida em alguns momentos. É isso. Eu entrei no jornalismo há um ano e meio, depois de passar um ano cursando rádio e tv e ter sofrido uma grande desilusão. Para falar a verdade, até hoje não sei muito bem se a desilusão foi mais com o curso ou com as pessoas. O Rádio e TV não me dava brilho nos olhos, e eu não me via orgulhosa no futuro se seguisse essa profissão, mas eu até teria terminado - mesmo não curtindo muito as matérias - se o ambiente não fosse tão desfavorável pra mim. Entrei em uma faculdade que pertencia a um mundo totalmente diferente do meu. Galera que gastava uma grana danada por dia na faculdade, no bar e nas baladas. Que só pensava na zona. Eu não tinha nem assunto. E praticamente todos os trabalhos - e até algumas provas - eram feitos em grupo, já que a profissão exige mais do que um ótimo relacionamento na equipe. E eu me sentia completamente excluída daquele mundo de bebidas, drogas e gente que achava a última bolacha do pacote. O que era meio chatinho, se tornou insuportável e eu desisti.

Foi difícil, mas consegui entrar em um acordo comigo mesma que eu deveria sair dali. Não queria mais o curso, nem a faculdade, nem mesmo manter contato com a maioria das pessoas que conheci ali. E foi aí que parei pra pensar o que realmente eu estava fazendo?! Toda minha vida eu falei que iria fazer jornalismo. Cogitei um curso diferente aqui e outro ali, mas sempre voltava para o mesmo. E não sei nem exatamente em que momento eu mudei. Hoje, eu imagino que forças maiores queriam que eu passasse por aquela experiência, afinal, querendo ou não eu aprendi muito. A gente aprende sofrendo. E para conhecer as pessoas que conheço hoje, que são maravilhosas, eu realmente teria que passar por aquilo e esperar o momento certo para chegar onde cheguei.

Depois de um ano e meio cursando jornalismo, posso dizer que é realmente o que eu quero pra minha vida. Pelo menos é isso o que penso hoje. Posso mudar depois de amanhã. Porém, eu realmente acredito que é isso que vou levar para o meu futuro. Infelizmente, não é uma profissão tão honesta quanto eu imaginava, principalmente em partes mais tensas como na política. E apesar de não ter problema nenhum com essa área, não é bem nela que quero seguir. Então, bola pra frente. Os grandes que se entendam. Eu quero juntar duas paixões, o blog e o jornalismo. Que pode dar em duas combinações, livros e jornalismo ou entretenimento e jornalismo. Quero trabalhar em uma editora e ajudar a publicar muitos livros legais ou trabalhar em uma revista/site e falar sobre qualquer coisa sobre esse universo de uma forma divertida e descontraída. Se é possível, só o tempo vai me mostrar.

Muita gente me pergunta se eu recomendo este curso. E claro, eu super recomendo. Eu indico pra quem tem vontade de aprender sobre qualquer assunto. Cada dia você chega na sala e aprende uma coisa nova, totalmente diferente, e surpreendente na maioria das vezes. Você discute e escuta opiniões bem diversas, e com elas aprende também. Às vezes você vai achar que o assunto é insuportável, e o professor vai te fazer amar aquele tema. Ou, você realmente vai odiar, mas vai se esforçar para aprender. Jornalismo pra mim é isso, é ter vontade de aprender sobre qualquer coisa, e se sentir feliz só por estar aprendendo. Pode ser com um professor, com um colega, com um familiar ou amigo, se você nasceu pra ser jornalista, vai tirar um aprendizado de tudo, e uma ideia para uma pauta a cada conversa. 

Não posso falar que essa é a faculdade certa pra você, apenas quem pode te dizer isso é você mesmo. Comece não tendo medo de arriscar, se não for essa, será outra e não tem nada errado em começar errando. Ou começar cursando uma paixão e depois buscar algo que te traga mais segurança. Eu não sei exatamente onde vou parar, mas ter começado por aqui me faz muito feliz.

Acompanhe nas redes sociais

Comente com o Facebook:

4 Comentários

  1. Eu acho um máximo essa faculdade *-*

    http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Noossa, que lindooooo!<3

    ResponderExcluir
  3. As coisas acontecem quando tem que acontecer!
    Lendo o texto, posso imaginar que jornalismo dê o brilho nos seus olhos que radio e tv não deu. Isso ótimo. Inspira outras pessoas a buscarem algo que dê esse tal brilho nos olhos tbm.
    Parabéns hahah
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Uma das faculdades que um dia eu quero fazer é Jornalismo, no momento estou cursando letras e estou amando, mas não quero me limitar à isso porque gosto de tanta coisa... Texto maravilhoso, principalmente pra quem quer cursar Jornalismo um dia ou está começando agora!
    Beijinhos <3
    Livros, Amor e Mais

    ResponderExcluir

Deixe um recadinho com amor e será retribuído <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Desejo Adolescente - 2016. Todos os direitos reservados. Design e programação: Folks Creative Studio. imagem-logo