4.4.16

E essa adolescência que não passa?

Foto: We Heart It

Passei a maior parte da minha vida ouvindo que a fase da adolescência era com certeza a pior e mais intensa. A gente multiplica qualquer fato por dez e sofre mil vezes mais com qualquer coisinha, somos todos meio cancerianos nessa época. Dramatizando todos os romances - que às vezes nem chegavam a ser romances, fazendo umas loucuras da vida, querendo se encaixar nos tais padrões, sofrendo com as amizades...

Só que ninguém me avisou que tinha um meio ali na vida que é quando você não é mais adolescente, mas você ainda não é adulto. Olha que louco isso. Você já não pode mais agir como um adolescente e ser um tanto irresponsável algumas horas, ou querer mandar tudo para aquele lugar. Você já não tem mais idade pra isso. No entanto, você ainda não é um adulto independente a autossuficiente. Você ainda precisa estudar, fazer um faculdade, correr atrás de um trampo (essa parte é foda), ajudar em casa, aprender a cozinhar, ainda sofre com as amizades...

Não pode jogar tudo para o alto e também não consegue ainda fazer tudo sozinho. É um caos. Um verdadeiro desespero.

A falta de estabilidade emocional e financeira está batendo cada dia mais forte, mas como a gente fica dividida, temos um pé nos sonhos adolescentes e outro pézinho na busca e correria pelos objetivos "adultos". Tudo parece muito confuso e uma fase interminável, ainda mais se além de você o seu país também está em crise, os objetivos parecem mais distante do que o normal. Eu não sou capaz de dar um conselho (alô, Gloria Pires!) sendo que este é o momento atual da minha vida. Fico pensando se eu fiquei presa na adolescência e não consigo sair dela ou se a tendência é realmente só piorar.

Um desabafo para começar a semana, não para reclamar, mas para a gente se identificar e ver que não estamos sós. Assim um dá força para o outro e continuamos seguindo em frente em busca do que acreditamos! Afinal, blog é gostoso assim, né? Meio diário, meio bate-papo. Sintam-se acolhidos para desabafos e conselhos!

Comente com o Facebook:

6 Comentários

  1. Tenho dezenove anos e tô numa situação assim também, no terceiro semestre da faculdade, que eu amo, e que eu escolhi por amor, não sei o que vai ser amanhã, mas ainda me sinto a mesma adolescente de sempre, vai ver é assim que funciona, né? O que a gente é fica na alma, qualquer hora do dia, qualquer dia!
    beijinhos, Bru
    Mania de Bruna
    @ManiaDeBruna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Bru, gostei da reflexão! Beijinhos

      Excluir
  2. Muito verdade Camila, quando dizes que temos um pé nos sonhos de e outro na vida adulta, acho que muitas de nós se sentem assim. Somos meninas mulheres!

    rainhadostropecoes.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yes, e isso é bom na maior parte do tempo <3

      Excluir
  3. Anônimo4/06/2016

    UMA MERDA!

    ResponderExcluir
  4. Tenhp 18 anos. E com certeza entrar aqui hoje nesse tempo/espaco esta sendo muito significativo para mim. É uma fase louca. Onde voce quer ter um copo cheio para entao ser transbordada. O problema é quando a transbordagem(?) foi tao intenda que quando vc viu estava vazio. Ou seja. Parece que tu esqueceu fe si mesma. Mas o melhor disso tudo é que ainda estamos vivos. E a vida e o tempo e o espaco so esta te dando novas chances e oportunidades para crescer. Se completar. Ser forte e encarar esse mundo que nos fora dado de presente de aprendizado. E a vida é assim. Agradeco a internet. Para aqueles assim como quem esta aqui e assim como eu. Procura as coisas nos lugares certos e acham. "Quem procura acha, e quem pede é atendido entao saiba onde procurar e selecione os seus pedidos" é isso! ;)
    voce é luz camila!!!
    Agradeco por ter passado pela minha trilha

    ResponderExcluir

Deixe um recadinho com amor e será retribuído <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Desejo Adolescente - 2016. Todos os direitos reservados. Design e programação: Folks Creative Studio. imagem-logo