9.5.16

5 fatos sobre a faculdade de jornalismo

Foto: We Heart It

Quem me acompanha, já deve saber que faço faculdade de jornalismo, estou no quarto semestre e amando muito! Apesar de faculdade/escola sempre ter aulas chatas, professores com os quais não nos identificamos tanto, e todos problemas possíveis... ainda assim, estou bem empolgada e feliz de estar cursando algo que escolhi  por amor para minha profissão. A cada dia eu aprendo muito, e resolvi compartilhar um pouco mais disso com vocês - que sempre me pedem para postar sobre o assunto. Então, toma aí cinco fatos sobre esse curso e que acabam sendo dicas para quem quer seguir a carreira.

É essencial gostar MUITO de ler e escrever

É fundamental. Não tem como sobreviver a uma faculdade de jornalismo sem gostar de ler e escrever, ou pelo menos conseguir se forçar a isso, rs. Tem muita coisa para ler por semana. Textos pequenos são de dez páginas. E ainda, as longas reportagens e notícias que precisamos ler diariamente. Então meu amigo, só entra nessa se tu vai aguentar essa onda de texto atrás de texto. A parte de escrever é ainda mais óbvia, né? Precisamos escrever e entregar muitas matérias para nossos professores. Não adianta, tem que gostar da coisa MESMO. Mas fica tranquilo, às vezes dá vontade de tacar o computador na parede, normal! :P

Rola muito debate, muita treta, muita porrada
Pode ser um choque no começo, mas venho logo te preparar pra isso - menos para parte de porrada, rs. Qualquer assunto levantado na sala, pode ser uma polêmica. Tudo é treta em turmas de jornalismo, hahaha! Tem discussão sobre aborto, legalização da maconha, religião, orientação sexual, identidade de gênero... e fica a dica, se você não sabe lidar com as diferenças, têm duas opções: ou aprende, ou nem chega perto de Jornalismo, não dá pra trabalhar só com as suas ideias e desrespeitar um mar de gente na sua matéria! Aliás, dica para qualquer profissão/pessoa levar para vida, né?

Precisa gostar de aprender sobre tudo


O jornalista, é aquele cara que precisa se informar sobre tudo, e curtir aprender sobre diversos temas, independente da área que realmente quer seguir. Vamos combinar, não tem como você fazer uma matéria sobre Zika virus, sem se informar sobre saúde. Tudo pode ser pauta, e como bom profissional, temos que gostar de nos informar sobre qualquer coisa. 

É fundamental ficar por dentro de TODOS OS BAPHOS

Se você não souber o que está acontecendo na política, no exterior, na saúde, na economia, e até no mundo dos famosos, você fica por fora das aulas e do seu próprio universo profissional. Uma coisa sempre leva a outra. Um famoso pode fazer uma declaração sobre política ou que vai ter uma grande repercussão, e você precisa estar por dentro dos detalhes. Por isso, é importante acompanhar o máximo possível de veículos na mídia e de vários focos, desde cultura até economia. 


Tem que gostar de conversar
Toda pessoa que você conhece na vida pode te trazer algo incrível. Se você quer seguir essa carreira, isso se torna ainda mais importante. Todo mundo pode te dar uma ideia de pauta, pode ser personagem de uma matéria, uma fonte importante, e até te indicar para trabalhos. Muita gente tímida opta por jornalismo - eu fui uma delas - por saber que tem foco na escrita, mas precisamos nos esforçar todos os dias para desenvolver nossas conversas e relações, é algo muito importante. E vemos muito isso na faculdade, é sempre uma luta achar pessoas pra ajudar em matérias de estudantes, que geralmente não tem uma publicação em algum veículo importante, mas você conhecendo as pessoas certas, se sairá muito bem desde cedo.

E aí, quem quer seguir nessa profissão maravilhosa? Esqueci algum fato importante?


Acompanhe nas redes sociais
Twitter | Instagram | Youtube | Facebook
Snapchat: CAMILAMABELOOP

Comente com o Facebook:

10 Comentários

  1. Quero muito seguir essa profissão, e a cada palavra desse post me fez ter mais ainda a certeza de que irei gostar.
    Fico feliz que esteja gostando.
    Beijos

    http://blog-myselfhere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que lindaaaa! Fico feliz de ter dado um empurrãozinho ainda maior pra ti! Tô na torcida <3

      Excluir
  2. Amei o post, eu tinha muita curiosidade em saber mais um pouco sobre esse curso. Eu penso em fazer ele mais ainda não tenho tanta certeza!! Beijos <3

    http://arlenyramalho.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que encontre a carreira dos seus sonho, Ari! Espero ter ajudado um pouquinho <3 Beijo

      Excluir
  3. Aiii que maravilha ver esse post por aqui. Apesar de estar fazendo Nutrição, minha grande dúvida era: publicidade e propaganda ou jornalismo? Acabei escolhendo P&P entre os dois, mas a veia jornalística nunca saiu de mim. Apresar de tudo, creio que eu não conseguiria concluir uma faculdade de jornalismo. É muito mais do que se informar e discutir, é saber produzir com cautela e qualidade. Você, com certeza, será uma ótima jornalista Mabel. Enfim, mesmo não querendo mais o jornalismo, amo ler tudo sobre isso. <3
    Mil abraços, Lysia Ribeiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba, fico feliz de ter gostado de ler sobre isso, senti uma veia jornalistica ai, hahhaa, se informando mesmo sem ter mais interesse! cof cof <33333 Obrigada pelo comentário, Ly! Beijão

      Excluir
  4. Já até pensei em fazer Jornalismo, mas depois que descobri isso tudo vi que não tenho realmente jeito pra coisa rsrs ai decidi fazer Design Gráfico é mais minha praia rsrs

    Beijo carinhoso da Kaa 😘
    • Senhorita Inspiradora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahhahhahah poxaaa! Mas que bom que já se encontrou <3 BEIJO!

      Excluir
  5. Oi, Mabel!
    Lembro que já li outra postagem sua sobre o Jornalismo e gostei muito, por isso tô voltando :)
    Faço jornalismo também e discordo de algumas coisas. Concordo que é essencial gostar de ler, mas nem sempre de escrever, porque o curso não é focado somente em jornalismo impresso/digital. Eu amo, amo, amo escrever e sei que me daria bem com o impresso e o digital, mas tem gente que não gosta e se dá muito bem nas outras mídias (inclusive fotografia). Essa coisa do debate depende muito da faculdade. Eu, por exemplo, tô muito desanimada com o meu curso, porque isso tem m u i t o pouco no meu. As únicas matérias que, até hoje, abriram espaço para o debate não eram sobre teoria e prática essencialmente jornalísticas, mas mais ligada à comunicação. Sou uma pessoa muito tímida e me esforço bastante - e passo por muitos estresses - para ser comunicativa. Pessoalmente, não gosto quando exaltam o fator da comunicação dentro do jornalismo, como se esse fosse um requisito essencial, também porque vale lembrar da existência maravilhosa da Eliane Brum, alguém que se achou no curso pertíssimo de se formar e que era muito tímida - e, se você ler as reportagens e colunas dela, são coisas totalmente diferentes do jornalismo padrão simplesmente porque ela não "seguia" o padrão para área.

    Acho s u p e r legal que você aborde a área acadêmica no seu blog, especialmente porque é algo que você pode falar por estar vivenciando isso. Espero voltar mais vezes para ler sobre :)

    Love, Nina.

    ResponderExcluir
  6. euuuuuuu! Oi Mabel! Tudo bem? Desde o começo do ano passado, eu estava em dúvida entre fazer letras ou jornalismo, até que no meio do ano, finalmente decidi que ia fazer jornalismo.
    Sou viciada em escrever, e acho que vou me apaixonar ainda mais pelo curso. Já comecei a pesquisar faculdades, e tbm a pensar em formas de me virar para conseguir fazer a faculdade. Agora, acho que o melhor que posso fazer é continuar estudando para o Enem e rezar para tirar uma nota boa. Bjss

    http://apenaasteens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe um recadinho com amor e será retribuído <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Desejo Adolescente - 2016. Todos os direitos reservados. Design e programação: Folks Creative Studio. imagem-logo