18.7.16

Cinema: Como Eu Era Antes de Você

Foto: Divulgação
Às vezes você encontra o amor onde menos imagina. E às vezes ele te leva onde nunca esperou ir. Louisa "Lou" Clark vive em uma pitoresca cidade de campo inglesa. Sem direção certa em sua vida, a criativa e peculiar garota de 26 anos vai de um emprego a outro para tentar ajudar sua família com as despesas. Seu jeito alegre no entanto é colocado à prova quando enfrenta o novo desafio de sua carreira. Ao aceitar um trabalho no "castelo" da cidade, ela se torna cuidadora e acompanhante de Will Traynor, um banqueiro jovem e rico que se tornou cadeirante após um acidente ocorrido dois anos antes, mudando seu o mundo dramaticamente em um piscar de olhos. Não mais uma alma aventureira, mas o agora cínico Will, está prestes a desistir. Isso até Lou ficar determinada a mostrar a ele que a vida vale ser vivida. Embarcando juntos em uma série de aventuras, Lou e Will irão obter mais do que esperavam e encontrarão suas vidas - e corações - mudando de um jeito que não poderiam ter imaginado.

Já tinha lido o livro quando fui ao cinema assistir o filme. Como sempre, a expectativa é grande, mas o medo de se decepcionar é maior ainda, principalmente quando você simplesmente AMOU o livro.

O filme é bom, a Emilia Clarke faz um ótimo trabalho no papel de Lou e o Sam Clafin está incrível de Will. Vi algumas pessoas que não gostaram da atuação da Emilia por achar exagerada demais, eu, particularmente, adorei justamente por isso. A Lou é assim mesmo, maluca e exagerada até demais, imaginava ela do jeitinho que a Emilia fez.

O que eu senti foi que o Will do filme parece muito mais amigável do que o Will do livro. Talvez pelo curto tempo do filme, não tenha dado tempo de explorar tão bem a parte mais triste do Will. Também senti falta de uma crítica maior do filme em relação ao preconceito das pessoas e as dificuldades pela qual um cadeirante passa, coisa que fica bem explícita no livro. Parece que realmente a intenção do filme foi focar no romance dos dois, quando o livro trata de coisas além disso, sabe?!

É aquela coisa que a gente já sabe, um filme nunca vai conseguir mostrar tuuuudo o que a gente lê no livro (com exceção de A Culpa é das Estrelas, que realmente consegue ser bem fiel). A impressão que dá ao assistir o filme é que as coisas passam rápido demais, as cenas são muito corridas e os diálogos curtos.

Achei as duas últimas cenas bem fracas, ou melhor explicando, não me fizeram chorar o suficiente. Elas deveriam ser as cenas mais comoventes e emocionantes do filme. Achei um pouco rasa! A cena da viagem é bilhões de vezes melhor, essa sim, me fez chorar metade de todas as lágrimas que terei na vida (só um pouquinho exagerada).

No resumo mesmo, é um bom filme, vai te fazer rir, refletir e chorar (muito!). Talvez eu tivesse gostado mais se não tivesse lido o livro. O filme deixou um pouco a desejar (se comparar ao livro) ou talvez a expectativa tenha sido grande demais. Mas ainda é um filme que vale muito a pena ser visto. 

Ps: Palmas para a trilha sonora maravilhosa!


E você, já assistiu? Conta nos comentários o que achou do filme!

Comente com o Facebook:

2 Comentários

  1. Nunca li o livro mas estava louca para assistir o filme espero que esteja ainda em cartaz haha. Amei sua crítica achei bem sincero beijinho :D <D

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu estava doida para ler o livro e assistir o filme, mas uma "amiga" me soltou um spoiler que derrubou meu castelinho de expectativas. Talvez um dia eu esqueça o que ela me falou e consiga curtir a história.
    Ps: eu amo a Emilia Clarke

    ResponderExcluir

Deixe um recadinho com amor e será retribuído <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Desejo Adolescente - 2016. Todos os direitos reservados. Design e programação: Folks Creative Studio. imagem-logo