31.8.16

Certas coisas que percebi

Foto: Rosalind Chang

É difícil olhar pra dentro de nós e arrumar a bagunça que deixamos tomar conta. É difícil admitir que aquela coisinha que está te incomodando ou aquela pedrinha que está impedindo sua vida de acontecer foi colocada por você mesma ali. É horrível repetir e admitir pra si mesma que é você que vem pisando em ovos, bagunçando as coisas sem enxergar o que realmente está acontecendo. Acontece que é tão mais fácil culpar todo mundo ao seu redor. Olhar pra dentro de si e perceber que você precisa de tempo pra se organizar é assustador. Pelo menos foi pra mim quando resolvi de verdade fazer isso. Não tinha ideia de que as coisas estavam tão bagunçadas. E pra colocar tudo no lugar vai demorar mais tempo do que pensei, porque não é tão fácil. Cada coisa precisa de uma atenção especial. Não se pode deixar suas emoções guiarem sua vida, o lado racional precisa funcionar. Eu entendo isso melhor do que nunca agora. Em meio a pensamento aleatórios percebi que lidar com esse turbilhão de coisas, sentimentos, pessoas e acontecimentos é mais trabalhoso do que pensava. Não dá pra mudar as pessoas. Enganam-se aqueles que acham que alguém muda por outra. As pessoas só mudam se quiserem isso. Não dá pra mudar as pessoas, mas dá pra mudar você mesma. Percebi que tudo nessa vida é passageiro por mais que certas coisas pareçam demorar uma eternidade pra passar. Nada é permanente.

Por que algumas pessoas que tem tudo não são felizes e outras que não tem nada são? Por que algumas pessoas vivem com pouco e outras vivem com muito, mas não aproveitam como as que tem pouco? A resposta é bem simples: Elas fazem sua própria felicidade. Aprendi recentemente que por mais que você queira buscar, apontar e conceder a culpa de as coisas não darem certo pra alguém ou algo, isso só está dependendo de você. Você é responsável pela sua própria felicidade independente do que tenha. Isso pode parecer um papo super chato sobre reflexão e algo filosófico demais, porém é essa a grande verdade. Podemos sonhar e podemos realizar. Podemos ser ricos e não sermos felizes. Podemos ser lindos e não enxergarmos isso. Podemos ter mil amigos em uma rede social e só ter dois pra contar. É assim mesmo. Nem tudo na vida tem uma explicação lógica. Cada um lida com as coisas de uma forma. Cada um tem uma visão diferente daquilo. O certo e o errado mudam de concepção e é difícil aceitar certas versões delas.

O que dá pra fazer é saber em sua consciência que se pode manter firme e com a cabeça aberta para enxergar que em muitos momentos tudo depende de como você olha e de como interpreta as coisas ao redor. Isso pode não fazer nenhum sentido agora, mas quando paramos pra analisar sem medo as coisas que nos incomodam e nos impedem de ser feliz percebemos que as vezes somos nos mesmos que estamos no caminho para que nossa vida flui com muito mais leveza e alegria. isso foi o que percebi e que você pode notar também. Afinal, somos todos eternos alunos na escola da vida.

Comente com o Facebook:

6 Comentários

  1. Ser feliz dá trabalho!
    E um dos grandes erros que cometemos é o de colocar no outro a nossa felicidade. Infelizmente quando fazemos isso,nos damos muito mal.
    Também estou tentando encontrar o meu próprio caminho de paz e logicamente felicidade. Mas é difícil!

    Mais um belo texto para refletir! 💙

    ResponderExcluir
  2. Belo texto, refleti bastante. Amei <33
    Parabéns pelo blog, já estou seguindo para poder acompanhar as novidades

    www.papomoleca.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu concordo com você que a felicidade somos nós mesmos que fazemos, porém não acho que a culpa é nossa por tudo na nossa vida o tempo todo, acredito que é mais no sentido de que nós controlamos como reagimos e lidamos com as coisas que nos acontecem.
    Aprender a ceder o controle também é muito importante e parte fundamental da construção da felicidade. Saber que nós não podemos controlar tudo, que algumas coisas não depende apenas de nós, é muito importante. Porque sim, na vida, existirão momentos que você vai dar tudo de si e ainda assim, não será suficiente para alcançar o que você quer e está tudo bem porque não depende única e exclusivamente de você ^^

    Um beijo e obrigada pelo texto
    Foca no Glitter

    ResponderExcluir
  4. Oi Cybelle.
    Adorei o texto reflexivo.
    Acho que de tempos em tempos devemos repensar sobre a nossa vida, nossas conquistas, o que queremos, o que é importante para nós e se somos felizes.
    Concordo com o que você disse sobre pessoas ricas, que tem tudo materialmente, mas não são felizes. O dinheiro não traz felicidade.
    Acho que o mais difícil é se desvincular da ideia que temos de agradar os outros, sejam eles os pais, familiares ou amigos. Temos que ser felizes por nós mesmos e não pelo outro.

    ResponderExcluir
  5. Oii, eu simplesmente amei o texto *__*
    E me identifiquei com grande parte dele, acho que estou precisando deste tempo para organizar a bagunça, os pensamentos e as ideias.
    Também concordo com você, ter muitos amigos em redes sociais e que dizem estar sempre ali e no fim os verdadeiros podemos contar nos dedos de apenas uma mão.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Não tinha hora melhor para e ler este texto do que agora. Estou passando por essa faze de reorganizar a vida, e quanto mais eu paro para pensar mais percebo que a maioria dos obstáculos que tenho enfrentado foram colocados por mim mesma.
    Acredito que todo mundo uma hora precisa parar e dar uma reorganizada na vida.
    Amei o seu texto <3

    ResponderExcluir

Deixe um recadinho com amor e será retribuído <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Desejo Adolescente - 2016. Todos os direitos reservados. Design e programação: Folks Creative Studio. imagem-logo