10.12.17

Dica de Série: The Handmaid's Tale



Já pensou num país governado por Bolsonaro + Bancada Evangélica? Ficou com calafrios só de imaginar, né? Pois é exatamente assim que a população dos Estados Unidos vive em The Handmaid's Tale. Na série, após um golpe dado no país, os Estados Unidos passa a se chamar República de Gilead, que é governada por um regime totalitário e teocrático em meio a uma guerra civil, no qual a religião domina tudo. Nesse novo sistema, as mulheres são propriedade do Estado, não têm direitos e são divididas em castas – mulheres férteis, raras nessa realidade, pertencem ao grupo das aias e têm apenas uma função: procriar para famílias de homens poderosos e suas esposas estéreis.

A série é uma adaptação do livro escrito por Margaret Atwood em 1985 (no Brasil publicado como “O Conto da Aia”), que apesar de ser um livro antigo, nunca pareceu tão atual, principalmente nesses tempos sombrios de Trumps e Bolsonaros que estamos vivendo. THT ganhou cinco prêmios no Grammy: melhor série dramática, atriz (Elizabeth Moss), atriz coadjuvante (Ann Dowd), roteiro (Bruce Miller) e direção (Reed Morano). 

A história da série é contada pela perspectiva de Offred, interpretada por Elisabeth Moss. O nome da personagem já evidencia a opressão feminina – Offred é literalmente Of Fred, ou seja, “De Fred”; ela pertence a seu mestre. Mas Offred tinha um próprio nome antes, tinha uma família, um marido e uma filha. Offred, antes, era June.

Alternando cenas do presente com do passado, “The Handmaid’s Tale” vai mostrando pouco a pouco como a sociedade norte-americana foi se transformando. As mudanças começam pequenas, aparentemente inofensivas, e depois acabam tomando proporções absurdas, resultando nessa nova realidade da América. Infelizmente a série não tem na netflix e ainda não chegou ao Brasil, pois é original do serviço de streaming Hulu, que ainda não tem aqui, mas você pode dar aquela procurada na Internet, nada que um torrent não resolve. ;) 

Dá um play no trailer e tenho certeza que você vai correr pra assistir!

Comente com o Facebook:

  1. Eu vi essa série pelo app Play TV e fiquei apaixonada. Se chegar na Netflix, vou ver de novo. Eu adoro distopias e essa é de arrepiar.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir

Deixe um recadinho com amor e será retribuído <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Desejo Adolescente - 2016. Todos os direitos reservados. Design e programação: Folks Creative Studio. imagem-logo